por Otto Cerqueira 22 comentários

http://pcmedia.ign.com/pc/image/article/965/965535/gdc-09-onlive-announcement-and-details-20090323081236605.jpg

No dia 23 de março, o primeiro dia da Game Developers Conference 2009, foi anunciado um serviço revolucionário que tanto impressionou como espalhou o “pânico” no ar, estamos falando do OnLive.


O OnLive é um sistema que permite que computadores modestos e televisões rodem qualquer jogo atual, como Crysis, GTA IV e diversos outros jogos AAA (jogos que foram gastos muita grana para serem desenvolvidos) .

A ideia é simples e genial: potentes servidores processarão os jogos e os distribuírão via stream para um terminal que será conectado aos Pcs, Macs e TVs domiciliares.


O temido lag (atraso) não estará presente no OnLive. De acordo com os criadores a taxa de atualização é de 1 milissegundo. A velocidade de banda necessária para rodar os jogos varia de 1,5MBs para qualidades mais baixas (SD) a 5MBs para qualidade máxima (HD). O terminal custará apenas 100 dólares. Eles prometem, inclusive, um “seguro” contra inovações tecnológicas, ou seja, você não corre o risco de ter que fazer qualquer tipo de upgrade para jogar os games mais novos que serão lançados.
Surgiu da união do criador da WebTV e QuickTime, Steve Perlman, com o ex-diretor executivo da Eidos, Mike McGarvey que trabalharam “as escondidas” por sete anos até a data de seu lançamento. A sede da Onlive fica em Palo Alto, Califórnia.


onlive consoleAs empresas estão bastante animadas com a novidade, principalmente depois de terem demonstrado o poder do OnLive jogando Crysis em um Mac Book Air de série, a 60 fraps por segundo, de forma estável.

O apoio de grandes produtoras como Electronic Arts, Ubisoft, Take-Two, Warner Bros, THQ, Epic Games, Eidos, Atari e Codemaster já estão confirmadas.


OnLive já está apelidado como o “assassino dos consoles”, e se cumprirem tudo o que dizem de fato serão uma grande ameaça, principalmente para a Sony e a Microsoft.


A versão para testes estará disponível neste verão e o lançamento está previsto para o final desse ano. Será um sucesso ou vai ter o mesmo fim do Phantom? Agora é só esperar e ver no que vai dar...

Clique aqui para visitar o site oficial da OnLive.

22 Responses so far.

  1. Não vai assassinar console nenhum, longe disso. No máximo vai causar um pouco de dor de cabeça a empresa de placas gráficas, coisas assim.

    Veja bem: Um serviço desses provavelmente vai ser pago. E bem pago. Quer dizer, CARO. Não acha? Mesmo com o adaptador barato, isso não impede a empresa de cobrar uma mensalidade ou algo assim dos membros do serviço, o que eu tenho certeza que vai.

    Outro ponto importante: Fim de jogos piratas.
    Sim, você leu bem. Um serviço como esse rodaria apenas os jogos que o servidor tem armazenado, e pra você acessá-lo, você precisa ter o direito para tal.

    Você pode até dizer "ah, puxa um serial da net e pronto". Nada disso.
    Imagine você com sua Conta de Acesso? Pra que serial? Com um simples sistema de segurança de apenas um computador ao mesmo tempo usando uma única conta, a empresa pode te cobrar o preço do jogo e liberar o acesso quando o dinheiro for recebido. E aí?! Ferrou neguin! Só joga quem tem acesso pela própria conta.

    "Ah, mas eu posso fazer uma conta entre amigos e distribuir ela pela net!" NÃO SEJA ESTÚPIDO! Como eu disse antes, UM computador por vez! Imagine você tentando acessar sua conta com outra pessoa do outro lado do mundo usando ela! No máximo você pode fazer uma "sociedade" entre amigos, cada um faz uma conta e dividem os jogos entre as contas e dividem o dinheiro que pagam.

    Mesmo assim, volta o fator da mensalidade. ALÉM de você ter que pagar pela net de 1,5mb NO MÍNIMO, você vai ter que pagar pelo serviço de utilização do sistema, porque a empresa não vai ser idiota de te fornecer de graça. Gastar tubos de dinheiro em PCs extraterrestres e não cobrar nada pelo acesso? Pffs.

    Solução?! Jogar offline.
    Como?! Comprando o console correspondente.
    E meu pc?! Upgrade, meu caro.

    Ah, mas eu tenho conta, pago, NUNCA MAIS VOU COMPRAR UMA PLACA!!
    ENGANO SEU. Eles podem até enviar a imagem, e tudo o mais, mas de que adianta enviar um jogo que roda no bem apenas em tal^3 resolução se seu computador só chega a tal^2?

    E mais, placas de vídeo não servem apenas pra jogos. O próprio funcionamento do pc precisa de uma placa. E dependendo do que você faz, NÃO APENAS jogos, vai precisar de uma melhor SIM.

    Esqueceu do Photoshop? Ou dos filmes em alta definição? Ou vários outras formas de usar o pc que precisam de uma placa?
    Óbvio, se você não tem interesse nenhum em qualquer outra coisa a não ser games, tem uma TV de plasma ENORME na sua casa, e tem condições de pagar pelo serviço, vá me frente.

    Mas eu duvido MUITO que isso signifique morte aos consoles. Apesar de acreditar que é um bom projeto e vai pra frente. Mas não creio que eu mesmo venha a utilizá-lo.

  2. FUCK! Escrevi pra caramba! D:

  3. Otto says:

    Magnífico comentário, Pyro. O_O
    Concordo com tudo.

    Outra questão que vem a minha cabeça é: se isso dar certo, vai funcionar no Brasil? Não creio que os servidores lá dos EUA vão dar conta de processar pro mundo todo. Creio que seria preciso uma sede aqui no Brasil também. E não tenho muita fé nisso.

    Outra coisa... Conexão de 5MBs!? É mais fácil comprar um console que pagar a mensalidade de uma conexão dessa mais a compra dos jogos e mais outros custos que podem haver.

  4. Arthur Moisés says:

    Só se esqueceu de uma coisam Otto. 5Mbps nos EUA é bem mais barato que aqui, e lá o nível é outro...salário mínimo maior, maiores condições de ter renda alta...

    Ou seja, entre comprar um "gamer pc" eu preferiria muito mais esse serviço daí. Além de usuários "leigos" que não sabem montar um bom Gamer PC, apostarem nele também.

    Você viu quando as primeiras patentes vencem? 2022...ou seja..

    Nada de competição de Sony e Microsoft até lá. Wii até que vai pelos seus controles inovadores.

    Sem contar que o número de gamers no Brasil e insignificante perto de lugares como EUA, Europa, Japão e China. É provável que seja ampliado para esses lugares antes de vir para cá. Divirtam-se com o Zeebo enquanto isso!

    OnLive é um projeto que merece ir pra frente.

    Afinal, é algo que levou muito tempo(7 anos) e muito estudo, investimentos em P&D(pra criar tecnologias de cloud computing voltadas pra compressão de imagens em HD) e em pesquisa de mercado pra ser concebida a idéia.

    Coisa que muito brasileiro ainda não entende. Prefere descer o pau e apontar mil defeitos antes de entender a lógica por trás e pensar em otimizar. Terão a tecnologia que merecem, com os respectivos preços absurdos.

    E ao Pyro: Realmente não cairão em desuso as placas de vídeos. Só que agora, em vez de eu optar por uma Geforce 9800 GT voltada pra jogos, compensa mais investir em uma Quadro FX voltada pra CAD, Photoshop e videos em alta definição ! \o/

  5. Otto says:

    Pior que você acertou, Moisés. não cheguei a pensar na situação dos EUA. Minha preocupação mesmo era pagar aqui no Brasil a velocidade de 5MBs para poder jogar em HD.

    Queria ter sempre comentários excelentes como o de vocês dois. =]

  6. Anônimo says:

    Puta merda! Como diz asneiras esse Pyro_Penico.

    A real questão a ser levantada aqui é se a latência e o atraso dessas transmissões de dados serão supridas apenas com 10 ou 30MB de banda.

    O PREÇO do serviço ele como FUNCIONARÁ, que primariamente, é claro, só será disponibilizado da linha equatorial pra cima.

    Se a empreitada realmente vingará por lá, tendo em vista que eles terão que se utilizar de super servidores nível Google pra tal.

    E AMIGUINHO leia com atenção: Nós não somos o público deles, então fique com os seus consolozinhos(nofa)enquanto a história dos telejoguinhos toma um novo rumo.

    Um rumo realmente conturbado pois o esquemão monopolizador da Sony, Microsoft, Nintendo e Nvidia serão completamente afetados.

    Até, quiça a era da realidade virtual...

  7. Otto says:

    Não acredito que ele tenha dito alguma besteira. Também acredito que os serviços serão caros, permitirão apenas um computador por vez, não haverão (acho) jogos piratas, entre outros.
    Mas as questões levantadas por você foram muito boas, chegaram mais a fundo do tema central.

    Verdade, também sei que o foco deles são os clientes americanos, mas, trazer o assunto pra nossa terra não é crime algum.

  8. Anônimo says:

    a idéia de terminais "burros" não é nova e existe desde que o computador existe.Na verdade antigamente se pensava que hoje em dia usaríamos somente terminais burros nos trabalhos , onde todo o processamento se dava num servidor central.Não acho que agora vai "pegar" de vez , mas acredito que seja salto no modo de jogar.E acredito que existirao ambos jogos locais e via "streaming" por um bom tempo.

  9. Leo says:

    Como disseram, só lá fora ainda, enquanto no Brasil estamos sofrendo para fazer um console próprio com gráficos de PSX (zeebo) e vender a horrores (450-600R$) lá jájá estarão brincando com hologramas, mas confesso que se pintasse esse serviço por aqui eu usaria, afinal, meus 2MB de conexão aguentariam o ''tranco'', mas por enquanto ficaremos jogando Quake live ainda, vai demorar muito para esse serviço engrenar de verdade...

  10. Anônimo says:

    No brasil a gente não consegue nem comprar jogos pro Iphone, imagina esse treco ai.

  11. Cleber says:

    Pode acabar com os consoles, porém, não com a presença das empresas, Sony, Microsoft, etc., no Segmento de Games.

    Com toda certeza a Sony, Microsoft, etc., vão produzir televisores, PC, e outros periféricos, que englobem tecnologias baratas e suficientes para acessar o servidor da OnLive.

    Ex: A Sony produzir uma TV Full-HD com Placa de Vídeo e Moldem para acessar o servidor da OnLive. A TV leva o logo da Sony e é homologada pela OnLive (Ex: OnLive read!). Ainda a Microsoft produzir Sistemas Operacionais otimizados para acessar a OnLive.

    Imaginem comprar uma TV, ligá-la, fazer o Login, escolher o Game que você comprou Online, e começar a jogar.

    A própria OnLive pode prover o acesso via internet, facilitando e otimizando as contas necessárias para acessar, jogar, e comprar games.

    Se bem implantado e aproveitado, tem muito futuro esse negocio. Os servidores não podem dar erro, ficar fora do ar, falhar, ter lentidão, etc. Isso pode queimar o nome do projeto logo no começo de sua operação, o que vai exigir um gigantesco investimento inicial.

  12. Anônimo says:

    Pyro_Penico, você fala muita besteira.
    A ídeia é fantástica, e sim, mais para frente, com a democratização dos preços, pode acabar com os consoles, pois é essa a tendencia mundial, ficarmos cada vez mais dependentes de serviços onlines e cada vez menos precisando de hardwares potentes, será tudo online e isso é evidente.
    No momento, isso não é destinado a nós pobres brasileiros, mais nos eua, essa tecnologia é perfeitamente viavél.
    Se contente em ser nerd e já está ótimo, sem papo de placa de vídeos, pois ninguém precisa de uma placa com dx10 para rodar o word e você sabe disso, uma placa padrão, onboard enviada na maioria dos computadores já da conta de muitas resoluções, vídeos e programas comuns. Sem essa conversa afiada de nerd consumista maniaco aqui rapaz.
    > Momento ignorancia.
    Largue esse maldito computador no qual você está preso, compre uma guitarra e faça um show.

  13. Anônimo says:

    Acredito que no primeiro momento, os preços dessas placas de vídeo e consoles caríssimos vão começar a baixar rapidamente, mas não acredito no fim deles, não no nosso Brasil subdesenvolvido. Provavelmente se tornará mais uma opção pra se jogar, assim como o PC offline, os consoles, agora teremos também o onlive.

  14. @Leo, já tem hologramas interagíveis funcionais, sabia? Ele dá um soco em ti e o soco dói de verdade, como se fosse real (e é) :D

    @Anon, sinto muito, mas quem tá falando merda aqui é você.

    Começando de baixo pra cima, tente rodar um vídeo com 1/3 da qualidade de um vídeo HDTV real em uma placa on-board comum, e veja como você não vai conseguir passar 5 minutos até ver que o áudio tá muito a frente do vídeo LERDO, que ainda por cima vai travar em cenas mais rápidas.

    Mais, tu acha que pessoas como publicitários que trabalham como computação gráfica fazem gráficos tridimensionais no WORD?! Realmente, você é muito ignorante, e não só por um momento.
    E nem venha dizer que esse serviço vai ser "online", porque já duvido que o OnLive sobreviva. Talvez até seja, se o OnLive passar a fazer esse serviço no lugar dos jogos. Mas levando em consideração o público e o lucro, continuo duvidando muito.

    Nos EUA ela é "viável" sim. Ao menos no que é dito no papel. Mas passe pra o real, onde toda teoria é inútil, e veja a quantidade de arquivos necessários pra o processamento de dados à distância. A velocidade necessária aumenta em 10x mais, em média, dependendo dos jogos que você vai rodar e em qual qualidade (você não vai usar um sistema desses pra jogar Campo Minado do Windows, vai? Nem vem dizer que eu to sendo ignorante, porque apenas me nivelo com você falando do Word).
    Pode até ser possível, mas aí eles precisariam de um servidor próprio, e isso custaria MUITO caro, e pra isso os preços teriam que aumentar, e o OnLive ficaria mais seletivo ainda.

    Quanto ao "linha equatorial pra cima", nada impede um serviço brasileiro de menor qualidade adaptado à nossa conexão.

    Não tenho muito saco pra argumentar com gente ignorante que nem ao menos sabe considerar a opinião dos outros e muito menos sabe fazer um apelido que preste. Porque puta merda, Pyro_Penico? Sou muito mais Pyro_lito \o/

    Uma última pergunta, o que tu faz NESSE blog se tu odeia tanto os nerds? :) acho que alguém aqui tá com crise de identidade...

  15. Ralph says:

    Achei realmente inovador e algo que vai pegar este novo console.
    Ele tem tudo para desbancar todos os consoles existentes pela sua funcionalidade.
    E se todas fabricantes de games acabarem aderindo ou pelo menos as maiores e mais cobiçadas o publico do OnLive irá crescer vertiginosamente.

    E isso é ótimo para o Brasil também, aposto que se este console vem para o Brasil, onde temos nossas queridas internet Mérdicas e com Limites de Merdacidade como a Net (que uso infelizmente), isso pode impulsionar o desenvolvimento de novas velocidades e sem limites de uso, uso a net de 6 megas.
    mas se eu baixar uns 10 filmes full hd pra ver na minha tv a merda do limite de tráfego se esvai rapidamente.

    Este conceito se aceito será ampliado também para uso de programas comerciais para computadores também podem apostar nisso, sua maquina não roda o corel draw 20 corretamente, use este serviço. Sua máquina explode se vc tenta girar algo dentro do Cad, use este serviço.

    Aposto minhas antigas fichas telefônicas neste serviço e se ele vier para o Brasil de forma competente o assinarei, e pararei de gastar com geforces (seguindo a linha cronológica das que já tive: RIVA TNT32, Geforce 4 MX 400, Geforce 4800 TI, Geforce FX 5200 eca!, Geforce 6800, Geforce 7600 GT, Geforce 8800 GTS (ta no RMA pifou com 1 ano de uso), e a atual quebra galho Geforce 8400 GS, arghhhhhhhhh!!!)

    A Nvidia e afiliados irão parar de tomar a 10 parte de meu salário dali em diante.

  16. Otto says:

    Pyro ownou o Anônimo. Bom, é direito de resposta dele. "Pyro_Penico? Sou muito mais Pyro_lito \o/", ueuhaheuaueha. Ai, ai...

    Esfriando a cabeça e mudando de assunto, também concordo com o Ralph que o serviço do OnLive pode impulsionar o mercado a ampliar o uso da internet para outros serviços.

  17. Anônimo says:

    "fanboy detected"...
    Olha, vamos deixar a parcialidade de lado e analisar com ênfase na tecnologia. O que me impressiona é que nos últimos tempos a tecnologia está avançando de uma maneira muito rápida. O conceito de cloud computing é muito bom e promissor, só esperar mesmo para ver o que acontecerá...
    [sermão]Tanto Pyro quanto anônimo deram uma exagerada. Se não concorda com o pyro, não há a necessidade de "xingá-lo". O inverso também é válido.[/sermão]

  18. Anônimo says:

    Apesar de concordar na maioria dos pontos, discordo de alguns, pyro.
    O serviço da OnLive será muito promissor, já que foi feito muito investimento e pesquisas nas mais diversas áreas. O mundo dos consoles muito provavelmente não sumirá, mas poderá sim ser afetado de alguma maneira. Na questão de PCs, como já foi dito, não será necessário investir pesado em uma PV se não for rodar jogos pesados mas utilizar programas que precisem de uma PV "mainstream", como o AE. Assim, não precisará comprar uma NV GTX 295 ou uma ATI equivalente a esse modelo.

  19. @Anon1, concordo plenamente :D só me exaltei um pouco porque não tava bem na hora, e sempre gosto de retribuir um favor aos meus admiradores

    @Anon2, dependendo do que você for fazer em termos de computação gráfica, placas de altíssima capacidade são muito bem vindas. Mas se alguém vai usar pra Photoshop ou animações de "fundo de quintal", realmente uma placa mais simples resolve o gasto. (Mas eu, só por precaução, vou querer comprar uma um pouco acima de boa hehe)

    Quanto aos consoles, creio eu que o mercado dos portáveis vai crescer consideravelmente. E quanto mais criativos eles forem, mais difícil sumirem. Vide o exemplo do Wii, chutou o traseiro do PS3 e do XBOX360 com o controle inovador, ou o Nin.DS com a tela dupla e canetinha? :D

  20. Boa tarde, eu já havia pensando em algo assim ha uns 3 anos atras, mas não com video game, hoje já está se tornando uma realidade.
    A Microsoft sempre tentou monopolizar com o seus sistemas e até hoje continu, mas hoje temos uma nova tecnologia q talvez podera desbancar todos os sistemas operacionais, chama-se COMPUTAÇÃO NAS NUVENS, onde vc precisa apenas de um computador comum e um sistema simples apenas para acessar a internet. Nos servidores estarão armazenado todos os aplicativos possiveis para fazer os calculos complexos necessários, dispensando assim a necessidade de supercomputadores e super placas gráficas.
    Isso já esta acontecendo com os computadores tbm com essa nova tecnologia onde vc precisa apenas ter uma conta na intenet e acessar o seu jogo ou os seus arquivos, assim como funciona nos e-mails.
    Quem save isso funcione como crédito de celunar onde os cyber café poderão comprar uma quantidade de pontos e os usuários poderão usar em qualquer lugar do mundo, disponibilizando para todos onde quer q estejam.
    Tudo ficaria mais fácil de acessar, vc não precisaria levar o seu computador ou video game debaixo do seu braço, todos os seus dados ou jogos estariam em servidores.
    Quanto ao custo da banda larga, por causa das grnades concorrentes, o preço está custando cada vez mais barato. Hoje vc pode ter uma banda de 100Mb de velocidade por R$ 1000.00 na Brasil telecon, com uma velocidade dessa vc pode distribuir para uma cidade inteira e ganhar uma nota por isso, pq não disponibilizar games no pacote tbm.
    Computação nas Nuvens é uma tendencia e uma das empresas que está a na frente com esta tecnologia é nada menos quo o Google, a empresa que mas lucra na internet em todo planeta.

  21. Luiz Claudi says:

    Acredito q deva sacudir os consoles sim, mas ao meu ver nem a microsoft nem a sony vão perder nada alem de umas noites de sono com o Onlive

    Que eu acho q vai sofrer com esse tipo de tecnologia são pessoas q jogam jogos piratas ou possuem internet a baixo de 1mb

    O que vale lembrar tbm é que existem as franquias de jogos.... essas franquias tem lá seus fãs... não se pode comprar um play 3 e esperar jogar zelda nele.... assim como não tem como esperar jogar grand turismo em um xbox 360... nem jogar cs e centenas de outros jogos comprados pelo serviço steam no OnLive....

    na minha opinião o serviço online tem grandes chances de conquistar o mercado no primeiro muito, oq deve fazer com q empresas como a sony e a microsoft omece a se interessar por dar mais atenção e suporte para paises como o brasil em q as pessoas normalmente não possuem acesso a internet de qualidade...

    \o/ dai quem sabe agente não começa a encontrar consoles de primeiro mundo com precinho de terceiro mundo???

  22. Hacker(decifrador) says:

    ONLIVE  ele e inovador,mas agora pare para pensar aqui no brasil porque o ps2 e o mais vendido com toda certeza nao sao seus graficos pois game cube e x-box tem graficos muito superiores ao console da sony.O  que deu fama a ele foi o fato de que seus jogos poderiam ser pirateados.Porque pagar um jogo de R$150,00 se eu posso ter 15jogos pelo mesmo valor ou mais.Ai vem a questao do PS3 ele nao vende quase nada em nenhum pais por nao existir pirataria para ele.E a pirataria que mais ajuda a vender consoles pelo menos no Brasil.Por isso o onlive pode fracasar no Brasil (que e um pais em desenvolvimento e nao subdesenvolvido como citado acima)mas tambem nos estados unidos pois eu teria que pagar uma conta eternamente para jogar os jogos que eu fosse comprar.Creio eu que nao seria simplesmente comprar um jogo e jogar como fazemos atualmente teriamos que pagar um serviço como se fosse uma conta de agua, luz ...basicamente e preferivel comprar o consolo que vai ser seu pra sempre ate que ele estrague ou lance a nova geraçao.E sobre o zeeboo apesar de tudo ele e um bom console so falta grafico   um dia nos vamos chegar la embreve.

Deixe um comentário

- Utilize esse espaço para comentar e fazer pedidos.
- Não serão aceitas propagandas ou ofensas.
- Nós não fazemos upload dos jogos, apenas indicamos onde ele se encontra.
- Responderemos seu comentário na medida do possível.
- Nenhum homem é uma ilha. Seu comentário nos motiva a continuar, portanto, não seja tímido.